18 de out de 2012

INTOLERÂNCIA A TODO VAPOR!



Os homossexuais, principalmente ‘masculinos’ gostam de chamar a atenção do público. E quando vão mexer com cristãos aí é que o bicho pega! Eles estão sempre criticando os religiosos de serem “fundamentalistas ignorantes e intolerantes”,  que querem atacar a todo custo um grupo minoritário e “inocente” que só quer paz e amor. Mas quando paramos para analisar as atitudes de alguns homossexuais, podemos começar a achar que acontece o contrário.

O novo caso foi o da revista Gay “Junior”, que traz em sua capa a foto de um modelo segurando um crucifixo como um “protesto à “cruzada que os cristãos estão fazendo contra os homossexuais para derrubar direitos já garantidos, como a união civil e a proibição de terapias de cura da homossexualidade””.(FONTE)
 
Com uma imagem como essa ao lado, fica bem complicado saber quem são os intolerantes agora. Quer dizer, se esquecem eles de que a maioria vence. Não que a maioria brasileira seja cristã, mas sim  Heterossexual e que quer respeito. Mas como o egoísmo rola solto por parte deles, eles só querem ver o lado deles e se colocam como vítimas de um povo intolerante, sendo que eles é que são os intolerantes ao impor a vontade deles a todos!

Os homossexuais passam a imagem de pessoas legais, em busca de viver o seu ‘Amor’ em paz, fazendo com que cristãos fiquem com a imagem de pessoas revoltadas e desequilibradas. Ninguém enxerga que eles eles não são mortos pelas mãos de cristãos, mas pelas mãos de pessoas realmente intolerantes. Porque o cristão de verdade se deixa guiar por 1 Jo. 4:7-8.
“Queridos amigos, amemos uns aos outros porque o o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não O conhece, pois Deus é amor.” (Só lembrando que quem ama também repreende o erro, o que é bem diferente de julgamento e condenação!)

Nós, os cristãos, é que estamos sendo perseguidos e mortos por nosso “moralismo”,  e mesmo assim não levantamos arma alguma em nossa defesa. Nos resta apenas a indignação com algumas pessoas que nos colocam como um lobo faminto prontos para devorar as “ovelhas” que eles supõe ser. O que nos conforta ao mesmo tempo é que o tão esperado Dia do Resgate está mais próximo. Porque estava escrito que: “nos últimos dias vão aparecer homens dominados pelas suas próprias paixões. Eles vão zombar de vocês… [e] Estão sendo guardados para o Dia do Julgamento e da destruição dos que não querem saber de Deus.” II Pe. 3:3, 7.

É quando com muito pesar diremos: “Nós tentamos avisar!”