5 de jul de 2012

EFEITO COLATERAL: PORNOGRAFIA


Ela é cativante, quente, excitante e boa. Aparentemente sem males, ela conquistou o mundo masculino com  sua maneira de abordar o sexo. Ela se divide entre pecado e algo até benéfico na formação sexual. Mas um recente estudo feito pela Universidade de Pádua, na Itália apresentou um estudo que, para os considerados conservadores já serve de argumento para o posicionamento contra esse terrível mal. 

Esse estudo afirma que “o excesso de pornografia na internet pode causar disfunção erétil, além de diminuir a libido nos homens.
Os pesquisadores chegaram a essa conclusão pelo fato do conteúdo pornográfico na web ser muito vasto. Ao se tornar algo tão corriqueiro, a pornografia diminuiria a concentração de dopamina, neurotransmissor que ativa a sensação de prazer no cérebro. Ao serem ativados constantemente por vários tipos de imagens sexuais nas mais diversas posições, esses neurotransmissores são reduzidos, o que faz com que todas essas situações se tornem algo normal, sem o mínimo de capacidade de excitação.

A pesquisa contou com 28 mil voluntários italianos. De acordo com Carlo Foresta, da Sociedade Italiana de Andrologia e Medicina Sexual (SIAMS), muitos homens que iniciam desde cedo (por volta dos 14 anos de idade) um consumo excessivo de sites de pornografia e permanecem com o vício até os 20 anos, se habituaram a acessar imagens mais pesadas, principalmente após desenvolverem sua sexualidade.

"Tudo começa com links mais suaves, depois sites pornográficos pesados. Depois há uma queda geral na libido, e no final torna-se impossível obter uma ereção. No entanto, a condição não é irreversível, e com a assistência adequada é possível se recuperar dentro de alguns meses", afirma Foresta”.
(Fonte Olhar Digital)

OBS: Infelizmente a  disfunção erétil não é o único problema causado pelo consumo da pornografia, provavelmente o pior de todos é o vício, que atinge não somente o ‘consumidor’ mas também toda a família do individuo. Atualmente o  que mais vemos são homens ainda jovens buscando uma solução para vários problemas sexuais, além dos problemas emocionais e espirituais causados pelo terrível vício da pornografia. A cada dia essa indústria tem destruído gradativamente inúmeros homens pelo mundo, os quais muitos buscam ajuda para se livrar desse mal.

As famílias também sofrem muito, pois a partir do momento em que o sacerdote da família se contamina com esse mal, se perde a conexão com Deus, deixando uma brecha para que o Rebelde entre em ação. Logo a esposa sofre pelo marido ausente durante a noite, pelo marido que só tem olhos e desejos pelas mulheres perfeitas dos conteúdos pornográficos. Os filhos também sofrem pela ausência de um pai que prefere ficar trancafiado em um quarto contaminando-se com o pornô, ao invés de manter contato com eles.
Quantos homens tem sofrido com esse mal que sempre leva a outros males como a masturbação? Quantos pais de famílias estão aprisionados? Quantos jovens e adolescentes estão consumindo essas porcarias e estão aos poucos viciando-se e aprisionando-se nessa terrível cadeia que é quase invencível? 

Quantas mulheres tem sofrido com o avassalador desejo sexual de muitos homens que são impulsionados pela pornografia, principalmente em tratar tais mulheres como meros objetos de prazer como é mostrado nesses conteúdos? Quantas vidas o Rebelde tem destruído usando essa terrível arma?
Se você é um desses que tem sofrido com a pornografia, saiba que há solução não apenas para sua possível ‘disfunção’ mas também para libertar-se desse terrível vício. Antes de tudo você precisa ter fé que Deus pode ajudar você, e que você também precisará lutar, e tomar atitudes drásticas. Não espere que do nada Deus tire de você esse vício, antes tenha fé de que Ele pode te transformar e tome atitudes!

Abaixo dou algumas dicas de como você pode vencer ou ao menos controlar tal vício:
 “1º – Mantenha-se longe de qualquer estimulo, evite piadas de conotação sexual ou imagens com leve erotismo na Tv.
2º – Se o consumo é por internet, evite ficar sozinho no quarto ou escritório mesmo que seja a trabalho, assim você não estará dando brechas para ceder à tentação.
3º – Evite ficar muito tempo conectado à internet principalmente por dispositivos móveis, como SmartPhones ou Tablets, os quais você pode reservar-se facilmente em um local e ter acesso a esses conteúdos.
4º – Não fique navegando quando você já não tiver mais nada para fazer, pois essa é uma grande brecha, e o Rebelde se aproveitará dela. Saia, leia, pratique um esporte, ocupe-se em algo, logo será mais fácil resistir se a tentação ainda insistir em vir.
5º – Procure não ficar tanto tempo sozinho em casa vulnerável à internet ou Tv à cabo, é pornô na certa!
6º – Não use a pornografia como anti-stress ou antidepressivo, assim como uma droga você logo ficará viciado, e igualmente será complicado deixar o vício. Procure outra atividade ou simplesmente busque ajuda psicológica caso você tenha atingido algo compulsório ou viciante.
7º – Quando for ver pornô lembre-se da família. Veja o quanto eles podem estar sofrendo por sua ausência ou indiferença, mesmo que não saibam o que você está fazendo. E se souberem motive-se a não querer desapontá-los.
8º – Nunca esqueça que Deus está te vendo, e que assim como sua família, Ele se entristece com suas quedas. Portanto dê um motivo para rejeitar a tentação: o de não querer desapontar Deus!
9º – Pense em si mesmo. Veja o quanto você está sendo prejudicado, e decida-se a lutar contra esse vício!
10º – E o mais importante de tudo: Busque a ajuda da parte de Deus. Ore, clame, principalmente quanto a tentação te apertar. Você com certeza não vai vencer sempre, mas algumas vezes sim, e aos poucos quando você menos perceber estará livre desse terrível mal.

Talvez essas dicas não te ajudem efetivamente, mas é preciso tentar. É preciso ter força de vontade para ser liberto. Entregue-se a Deus, tenha fé, e com certeza você irá obter a vitória. Por mais que pareça que está perdendo, lembre-se que Deus está ao seu lado te fazendo vencedor.